É possível separar-se de alguém com amor e ternura?

É possível separar-se de alguém com respeito e com ternura!

Mas para isso é preciso que as duas pessoas envolvidas no processo de desfazer um laço de intimidade tenham amadurecido o suficiente para conhecer a si mesmas.

“A vida é como atravessar uma ponte. Nem sempre as pessoas com quem iniciamos a travessia são as mesmas que nos cercam agora ou com quem chegaremos do outro lado. Mas sempre há alguém por perto. Nunca estamos sós.”

a

Cada vez que temos uma desilusão estamos mais perto da verdade, por isso agradecemos. Se você teve uma desilusão é porque não estava em plena atenção. Mas não fique com raiva nem de você nem da outra pessoa.

Nada é fixo. Nada é permanente.

Saber abrir mão, desapegar-se – até da maneira como tem vivido – é abrir novas possibilidades para todos.

Separar-se dói, confunde, mexe com sonhos e estruturas básicas de relacionamentos.

Separação pode ser também uma bênção, uma libertação de uma fantasia, de uma ilusão.

Cuidado com sentimentos de rancor, raiva, vingança.

Esse sentimentos destroem você, mais do que as outras pessoas.

Desenvolva a mente de sabedoria e de compaixão.

Queira o bem de todos os seres. Isso inclui você.

Cuide-se bem e aprecie a sua vida – assim como é –, renovando-se a cada instante e abrindo portais para o desconhecido, o novo – que pode ser antigo, mas novo a cada instante.

Mantenha viva a chama do amor incondicional e saiba se separar (se assim for) com a mesma ternura e respeito com que se uniu.

Esse o princípio de uma cultura de paz e de não violência ativa.

Que assim seja, para o bem de todos os seres.

Mãos em prece!

a1

 

Leia o texto completo em: Monja Coen

Anúncios

5 comentários sobre “É possível separar-se de alguém com amor e ternura?

  1. Embora eu não seja psicólogo, acredito que uma das barreiras mais difíceis de serem atravessadas são aquelas perguntas: Eu poderia ter feito mais? Posso sobreviver a uma separação? Será que fracassei? Sem dúvida estes questionamentos podem bloquear o desenrolar de algo que não era pra ter durado tanto tempo, nem para ter dado prosseguimento. Quando há muitas dúvidas, a pessoa não consegue se livrar e com o tempo vai se tornando cada vez mais refém de uma relação que já morreu. Muito bom seu post Ana. Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Separar-se de alguém sem levar mágoa é difícil, ainda mais se o relacionamento terminou por uma traição. Mas sei que quando você supera isso, a mágoa passa e a vida segue sem nenhum tipo de rancor.
    A fase pós termino de relacionamento de sofrimento e pensamentos de “se eu tivesse…” é necessária, pois nos faz amadurecer e tudo passa. Uns demoram mais que os outros, mas passa.
    Falo por experiência própria. Aliás, adorei o texto, pois fortalece o pensamento de que tudo melhora quando a gente pensa positivo e carrega coisas boas na mente e no coração.
    Um beijo.

    Curtido por 1 pessoa

  3. “Fazer bem, visando fazer o bem.”

    A separação é sempre dolorosa, para uns em um nível mais brando, para outros em um nível mais forte. As vezes essa dor é silenciosa diante dos outros, mas dentro de nós ela corroí.
    O seu texto nos leva a uma reflexão de paz, parabéns! Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s